Autoconhecimento
6 de abril de 2016
Imaturidade.
8 de abril de 2016

Quais são os transtornos de humor mais comuns em crianças e adolescentes?

Inicialmente é importante analisar separadamente a população. Em crianças, de 0 a 11 anos os transtornos de humor não são comuns. O que pode ser observado nessa população são traços depressivos, que futuramente podem ou não evoluir para um quadro depressivo. Já os traços do transtorno bipolar raramente são encontrados em crianças. Em pré-adolescentes e adolescentes, na faixa dos 12 aos 18 anos podem ocorrer quadros tanto depressivos como de transtorno bipolar, sendo que o primeiro é mais frequente que o segundo.

Além disso o diagnóstico de psicopatologias em crianças é bastante delicado. Como a criança está em fase de desenvolvimento, certos comportamentos, atitudes, humor e ânimo podem estar relacionados com esse “crescer” e não necessariamente com um transtorno.

É necessária fazer uma profunda investigação da vida daquela criança / adolescente. O diagnóstico não deve basear-se apenas a comportamentos, mas também à dinâmica familiar na qual ela está inserida. Também não se deve ater somente a fato ou fatos desencadeadores, mas compreender porque para aquela criança foi tão difícil elaborar a situação vivenciada, de forma que sintomas depressivos se instalaram. A estrutura da família e a estrutura emocional da criança deve ser compreendida.

Por que os transtornos de humor acontecem?

Uma somatória de causas. A iniciar pelo ambiente no qual a criança irá se desenvolver. No ambiente familiar e escolar a criança começará a tatear suas emoções e aprender com a experiência. Nesse ambiente vivenciará a troca afetiva, o olhar do outro, o olhar para o outro, a coletividade. Caso a criança ou o adolescente estejam inseridos em um ambiente hostil, no qual a circulação do afeto é difusa, confusa, as relações familiares estruturadas em vínculos tênues, onde o outro é pouco visto, pouco olhado, é provável que seu desenvolvimento psíquico e emocional se desenvolva frágil e primitivo e alguma psicopatologia poderá desencadear-se. Também existe a questão da hereditariedade. Estudos têm colocado que os quadros de depressão e bipolaridade têm componentes genéticos.

Quais são os indícios de que a criança tenha um transtorno de humor?

Os indícios podem são variados. Comprometimento pedagógico em que a queda da produtividade e aprendizado torna-se evidente. Isolamento social, humor irritável ou agressivo, alteração no sono e no apetite, agitação psicomotora, economia afetiva, baixa concentração.

O que fazer para ajudar a criança com transtorno de humor?

Para ajudar a criança ou o adolescente que está apresentando sintomas que podem ser indícios de transtorno do humor é necessário leva-los a especialistas, como psicólogos e psiquiatras, para uma avaliação criteriosa e a indicação do tratamento que mais se adequa àquele caso. O tratamento pode englobar medicação e psicoterapia. O fortalecimento emocional, a compreensão da causa e do sentido da manifestação dos sintomas são importantes para o desenvolvimento da criança e do adolescente. A cura pode sim acontecer, desde que o tratamento seja realizado na íntegra. Da mesma forma que um paciente com câncer não tem chance de cura com metade da dose recomendada de quimioterapia, o paciente com dificuldades emocionais dificilmente se estruturará forte se seu desenvolvimento e fortalecimento emocional também não for cuidado.

FONTE:http://www.marisapsicologa.com.br/transt-de-humor-infantil.html

CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta
CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Fechar
 E aí? Vamos conversar?

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Agende a sua Sessão aqui!
Primeira sessão R$ 100,00 (Psicologia, Fonoaudiologia e Nutrição)

PRÓXIMO PASSO →
fechar
Agendar Sessão