Por-que-sofremos-tanto-blog-casule

Por que sofremos tanto?

Atualizado em 03/02/2020
Por Marcelle Mattos

Por que sofremos tanto?

Atualizado em 03/02/2020
Por Marcelle Mattos
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Por que sofremos tanto?

Você já experimentou questionar suas opiniões a respeito de tudo e ser uma pessoa mais aberta a novas ideias?

Existe uma razão para os nossos sofrimentos? Por que muitas vezes nosso equilíbrio é ameaçado por coisas relativamente pequenas? Provavelmente a resposta está em nós mesmos, na nossa maneira de enxergar as situações da vida. 

Desde o nascimento e de acordo com nossas experiências ao longo da infância e adolescência, vamos formando nossas crenças que são as maneiras como interpretamos o mundo em que vivemos. “Funcionamos” psiquicamente de acordo com padrões criados por nós mesmos, conforme nosso desenvolvimento emocional.

Contudo, ao nos deparar com opiniões contrárias às nossas, nem sempre conseguimos enxergar que estamos errados. Sofre-se por isso e muito!

Por meio das crenças é que nós nos definimos, avaliamos os eventos ao nosso redor, interpretamos as frases que escutamos e as atitudes que presenciamos e julgamos as pessoas com as quais nos relacionamos. É como uma lente que usamos para enxergar o mundo. Cada um tem a sua. 

É a partir destas crenças que nossos valores são formados. A nossa mente processa as informações de nossas vivências, das emoções e das lembranças que podem ser boas ou ruins, felizes ou tristes, verdadeiras ou não. Pronto! Temos a receita ideal para que cada pessoa tenha suas teorias, suas explicações e seus preconceitos em relação à vida de forma absoluta para cada um. Quer exemplos práticos? A todo momento julga-se uma pessoa por sua atitude, pelas suas roupas, pela cor da pele e generaliza-se alguma opinião isolada para encaixar alguém numa classificação interna. Essa classificação está formada em nossa mente que já a considera imutável, inquestionável. 

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

É por isso que numa discussão onde as opiniões divergem fica difícil alguém ceder de verdade. Um ou outro pode acabar cedendo para acabar logo com a discussão, por preguiça de insistir na própria ideia ou simplesmente porque não gostar de discutir. Ou seja, podemos dizer que, ao longo de nossa vida, vamos criando nossas teorias perfeitamente lapidadas, à prova de críticas, e quando temos a oportunidade de expô-las, queremos mesmo é defender este ponto de vista que levou tanto tempo para ser formado e que foi sendo confirmado pelas experiências selecionadas para que se encaixassem perfeitamente nas nossas crenças. 

Perceba que todas as teorias por nós formuladas precisam o tempo todo serem confirmadas, e, para isso, nosso olhar volta-se somente para o que confirma tais “verdades”. Para uma pessoa que acredita que para ser aceita nos grupos que frequenta precisa estar vestida com roupas caras, será bastante difícil acreditar que isso não é verdade. Vai querer estar sempre impecavelmente vestida e isso fará com que se sinta aceita e pertencente ao grupo mesmo que alguém a diga o contrário. 

As crenças têm a característica de autoperpetuação, elas se mantêm por si só. O desconforto ou o sofrimento acontece quando nos deparamos com situações que vão contra o que pensamos e acreditamos ser verdade. Esse sofrimento é um sinal de que algo não está em sintonia. O que a mente quer na realidade é confirmar este sistema de crenças que é uma forma automática de pensar. Existem pessoas que estão tão apegadas a este sistema de crenças que chegam ao ponto de comprometer seu equilíbrio emocional quando se deparam com situações que ultrapassam seus limites de explicação dos eventos. O que quero dizer com isso é que a mente cria suas verdades que nem sempre retratam a realidade. Se alguém sente que não pode ser amado, ele ou ela pode se relacionar somente com pessoas que reforçam esta crença. Vai buscar relacionamentos que vão fazê-lo mal, que são abusivos ou parceiros agressivos, e caso encontre alguém que não siga este preceito, poderá se afastar, fazer de tudo para que o relacionamento não dê certo.  

E todo esse cenário tem o mesmo pano de fundo, a crença de que só será verdadeiro se estiver de acordo com o que mandam as crenças.

Cristiano Nabuco, psicólogo, ensina a lidar com as crenças que ele chama de armadilhas mentais. Primeiro, tire do modo automático os pensamentos prestando atenção aos seus conteúdos; depois questione-os, pergunte-se se realmente são o que você pensa ou se são uma visão distorcida da realidade que foi aprendida. A partir de então, segundo ele, você perceberá que muito provavelmente sua “verdade” não se sustentará como absoluta e que você pode aprender muito com esta experiência de mudar de opinião. Descontruir é a palavra! Pegue todos as suas teorias absolutas, comece a rever todas elas que você vai perceber um mundo de possibilidades. Você estará livre de uma boa carga de sofrimento. 

Tenha sim seus valores, suas crenças, mas não os coloque numa caixa intocável. Eles são importantes, mas questione-os sempre, coloque-os à prova. Não é um exercício fácil, mas como em todo exercício, o treino e a prática levam à qualidade. Este é um convite para a reflexão!


banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert
Casule Play

Por que sofremos tanto?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Por que sofremos tanto?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Marcelle Mattos, aqui no Blog.
Psicóloga pós graduada em Terapia Cognitivo-comportamental. Atende adolescentes, adultos e idosos. Apaixonada pela psicologia e pelo que ela proporciona! Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Por que sofremos tanto?.


0 comentários

quero-emagrecer-por-onde-começo
Quero emagrecer, por onde começo?

Quero emagrecer, por onde começo?

Chás emagrecedores, dietas milagrosas, produtos caríssimos: quem de nós nunca recorreu a estes artifícios para emagrecer? No vídeo de hoje a nutricionista Isa Polastri traz três dicas de como iniciar e se manter nesse processo de maneira efetiva, com passos simples, leves e seguros.
Saúde-mental-e-as-redes-sociais
Saúde mental e as redes sociais

Saúde mental e as redes sociais

Existem muitas pesquisas que relacionam problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, com o uso excessivo das redes sociais. E não é pra menos que este assunto se tornou corriqueiro nas rodas de conversa. Mas o que acontece para que um número...

treine sua assertividade
Treine sua assertividade

Treine sua assertividade

Muito se fala sobre os tipos de comportamentos e a importância dos modelos de comunicação, sejam eles passivo, assertivo ou agressivo, mas você já parou para pensar como você costuma se posicionar?
Por-que-alguns-casais-se-recuperam-de-uma-traição-e-outros,-não
Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Descobrir que os votos de fidelidade foram quebrados causa muita dor. Esse sentimento é forte porque a relação amorosa é uma das mais íntimas que estabelecemos e isso faz com que tudo o que é vivenciado nela seja muito intenso. A infidelidade é ser traído naquilo que é mais íntimo e que gera tanta expectativa, ao mesmo tempo em que começamos a nos questionar aonde nós falhamos e se fomos incompetentes em cuidar da relação.

Autoestima

Tenho recebido mensagens de pessoas dizendo que em meio a quarentena estão com a autoestima baixa, que por estarem em casa não estão se arrumando, e por isso, eu quero compartilhar com vocês uma história da minha filha...
Leia mais
Autoestima

Como identificar que seu filho precisa de psicoterapia?

A infância é uma fase marcada por transformações e crescimentos, tanto no âmbito físico quanto no emocional. É uma fase do desenvolvimento e maturação neurocognitiva de grande importância. A família precisa estar atenta as respostas comportamentais e emocionais. Os motivos para buscar a Psicoterapia na infância são diversos. A psicoterapia infantil é um caminho para ajudar a criança a lidar com essas questões. Estimular para que aprendam a lidar de forma funcional com o conjunto de emoções, pensamentos e comportamentos desencadeados nas mais diversas situações.
Leia mais
Como-identificar-que-seu-filho-precisa-de-psicoterapia

Alimentação pode minimizar os sintomas da menopausa

A menopausa é uma fase da vida das mulheres que pode trazer sintomas como ondas de calor, irritabilidade, ganho de peso, depressão, entre outros. A alimentação se torna importante no manejo destes sintomas e pode promover um bem-estar geral para as mulheres.
Leia mais
alimentação-pode-minimizar-os-sintomas-da-menopausa

Como lidar com a necessidade de controle?

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que, normalmente,são perfeccionistas, inflexíveis, rígidas. O objetivo principal desse mecanismo é obter segurança e não se sentir vulnerável com os imprevistos.
Leia mais

Como resolver sua autoestima?

Nesse vídeo vou te fornecer um instrumento que vai te ajudar a solucionar seus problemas com a sua autoestima. Tá achando que é milagre? Não! O resultado vai depender das suas atitudes, porém será satisfatório.
Leia mais
Como-resolver-sua-autoestima

Como se posicionar?

Sabe aquela pessoa que sempre se comporta de forma rígida e agressiva? Você tem dificuldade em se posicionar quando isso acontece e acaba se sentindo constrangido ou com algum receio ou trava quando alguém te trata dessa forma? Se você quer aprender a se posicionar, esse vídeo é para você!
Leia mais

Ansiedade

O medo é um sentimento inato que nasce conosco. Já a ansiedade é um sentimento secundário oriundo do medo. Ela é um sentimento que todos nós temos, não há ninguém que tenha uma ansiedade zero. Assim sendo, a ansiedade basal de todos os seres humanos estão sempre maior que zero.
Leia mais

Como reduzir a celulite

A celulite é um processo de desestruturação em que a pele perde seu aspecto firme. Atualmente afeta cerca de 98% das mulheres de todo o mundo. Será que a alimentação pode contribuir na diminuição da celulite? A resposta é SIM e pode ser mais fácil do que você imagina! Assista ao vídeo completo e saiba como.
Leia mais
Como reduzir a celulite

Dicas para melhorar a sua Autoestima

Autoestima é uma auto avaliação positiva ou negativa, envolvendo o sentimento acerca de si próprio (como eu me sinto) e o autojulgamento a partir do que a sociedade impõe (como ''devo'' me sentir).
Leia mais
Dicas para melhorar a sua Autoestima
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This