por-que-generalizamos-tanto-blog-casule

Por que generalizamos tanto?

Atualizado em 16/08/2019
Por Auxiliatrice Caneschi

Por que generalizamos tanto?

Atualizado em 16/08/2019
Por Auxiliatrice Caneschi
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Por que generalizamos tanto?

Generalizamos quando atribuímos características e qualidades de um objeto, evento ou pessoa, a todos os próximos ou similares, desconsiderando suas particularidades. É muito comum questionarmos e criticarmos as generalizações que fazemos corriqueiramente, em diferentes áreas: âmbito social, profissional, artístico, etc. Mas se sabemos os erros que podemos cometer quando generalizamos, porque é tão difícil não generalizar? 

Estudos sobre o funcionamento cognitivo e as formas como o ser humano processa informações do meio, bem como responde a ele, definem algumas características de funcionamento desse mecanismo. Podemos entender que durante nossa interação com o mundo, mapeamos algumas informações e experiências, classificando-as e organizando-as para que possam nortear o futuro. A estrutura descrita traz um aspecto evolutivo importante, uma vez que o ser humano é capaz de programar ações e reações futuras a partir de esquemas e mapeamentos de conhecimentos que ele acumula sobre alguns eventos, objetos e conceitos. A organização cognitiva envolve informações de situações vivenciadas, mas também aprendidas a partir de crenças sociais, e daí criamos uma visão sobre mundo, nós mesmos e o futuro. 

A generalização pode ser entendida então como consequência da ativação de esquemas e organizações cognitivas diante de determinado estímulo, permitindo assim que possamos responder de forma mais rápida e eficiente a ele. Para exemplificar isso, podemos pensar em uma pessoa que tenha experimentado traições em seus dois primeiros relacionamentos, e a partir de então começa a não se envolver mais afetivamente, entendendo que estará vulnerável a novas traições, generalizando sua experiência.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

Contudo, nosso processamento de informação nos traz também uma habilidade importante, que podemos chamar de flexibilidade cognitiva, capaz de alterar essa organização e mudar, portanto, de estratégia e construir novas percepções sobre eventos e pessoas. Além disso, temos ainda a capacidade metacognitiva, de consciência das nossas próprias percepções, aumentando nossa crítica e potencializando a autonomia sobre essa relação com o mundo. 

Dessa forma, podemos destacar que generalizar é fundamental para nos adaptarmos e sobrevivermos no mundo, enquanto mecanismo automático e essencial de processamento de informação. Porém, ele não funciona sozinho, faz parte de um conjunto de mecanismos que se regulam e devem estar associados para reestruturar e reavaliar o meio de acordo com suas variações, fazendo com que o ser humano não fique preso a uma única percepção já construída, mas possa alterar e reavaliar de acordo com as informações que recebe do ambiente. Isso permite que consigamos diminuir erros de interpretações e julgamentos, a fim de aumentar nossos comportamentos mais funcionais e diminuir julgamentos errôneos e consequentemente reações falhas. 

Sendo assim, para diminuir impactos negativos de generalizações automáticas que atravessam nossos julgamentos, no convívio social, nas relações profissionais e até mesmo nos rótulos que atribuímos a nós mesmos, devemos estar atentos e potencializar nossas habilidades de flexibilidade cognitiva e percepção crítica dos pensamentos e análises que fazemos no dia a dia. Muitas vezes o processo de terapia, e até mesmo outros métodos que estimulem essas habilidades, auxiliam na potencialidade analítica e mudanças nos esquemas cognitivos de interpretação. 

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert
Casule Play

Por que generalizamos tanto?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Por que generalizamos tanto?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Auxiliatrice Caneschi, aqui no Blog.
Mestre em Psicologia, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental e em Neuropsicologia. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais e Famílias. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Por que generalizamos tanto?.


0 comentários

quero-emagrecer-por-onde-começo
Quero emagrecer, por onde começo?

Quero emagrecer, por onde começo?

Chás emagrecedores, dietas milagrosas, produtos caríssimos: quem de nós nunca recorreu a estes artifícios para emagrecer? No vídeo de hoje a nutricionista Isa Polastri traz três dicas de como iniciar e se manter nesse processo de maneira efetiva, com passos simples, leves e seguros.
Saúde-mental-e-as-redes-sociais
Saúde mental e as redes sociais

Saúde mental e as redes sociais

Existem muitas pesquisas que relacionam problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, com o uso excessivo das redes sociais. E não é pra menos que este assunto se tornou corriqueiro nas rodas de conversa. Mas o que acontece para que um número...

treine sua assertividade
Treine sua assertividade

Treine sua assertividade

Muito se fala sobre os tipos de comportamentos e a importância dos modelos de comunicação, sejam eles passivo, assertivo ou agressivo, mas você já parou para pensar como você costuma se posicionar?
Por-que-alguns-casais-se-recuperam-de-uma-traição-e-outros,-não
Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Descobrir que os votos de fidelidade foram quebrados causa muita dor. Esse sentimento é forte porque a relação amorosa é uma das mais íntimas que estabelecemos e isso faz com que tudo o que é vivenciado nela seja muito intenso. A infidelidade é ser traído naquilo que é mais íntimo e que gera tanta expectativa, ao mesmo tempo em que começamos a nos questionar aonde nós falhamos e se fomos incompetentes em cuidar da relação.

Autoestima

Tenho recebido mensagens de pessoas dizendo que em meio a quarentena estão com a autoestima baixa, que por estarem em casa não estão se arrumando, e por isso, eu quero compartilhar com vocês uma história da minha filha...
Leia mais
Autoestima

Como identificar que seu filho precisa de psicoterapia?

A infância é uma fase marcada por transformações e crescimentos, tanto no âmbito físico quanto no emocional. É uma fase do desenvolvimento e maturação neurocognitiva de grande importância. A família precisa estar atenta as respostas comportamentais e emocionais. Os motivos para buscar a Psicoterapia na infância são diversos. A psicoterapia infantil é um caminho para ajudar a criança a lidar com essas questões. Estimular para que aprendam a lidar de forma funcional com o conjunto de emoções, pensamentos e comportamentos desencadeados nas mais diversas situações.
Leia mais
Como-identificar-que-seu-filho-precisa-de-psicoterapia

Alimentação pode minimizar os sintomas da menopausa

A menopausa é uma fase da vida das mulheres que pode trazer sintomas como ondas de calor, irritabilidade, ganho de peso, depressão, entre outros. A alimentação se torna importante no manejo destes sintomas e pode promover um bem-estar geral para as mulheres.
Leia mais
alimentação-pode-minimizar-os-sintomas-da-menopausa

Como lidar com a necessidade de controle?

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que, normalmente,são perfeccionistas, inflexíveis, rígidas. O objetivo principal desse mecanismo é obter segurança e não se sentir vulnerável com os imprevistos.
Leia mais

Como resolver sua autoestima?

Nesse vídeo vou te fornecer um instrumento que vai te ajudar a solucionar seus problemas com a sua autoestima. Tá achando que é milagre? Não! O resultado vai depender das suas atitudes, porém será satisfatório.
Leia mais
Como-resolver-sua-autoestima

Como se posicionar?

Sabe aquela pessoa que sempre se comporta de forma rígida e agressiva? Você tem dificuldade em se posicionar quando isso acontece e acaba se sentindo constrangido ou com algum receio ou trava quando alguém te trata dessa forma? Se você quer aprender a se posicionar, esse vídeo é para você!
Leia mais

Ansiedade

O medo é um sentimento inato que nasce conosco. Já a ansiedade é um sentimento secundário oriundo do medo. Ela é um sentimento que todos nós temos, não há ninguém que tenha uma ansiedade zero. Assim sendo, a ansiedade basal de todos os seres humanos estão sempre maior que zero.
Leia mais

Como reduzir a celulite

A celulite é um processo de desestruturação em que a pele perde seu aspecto firme. Atualmente afeta cerca de 98% das mulheres de todo o mundo. Será que a alimentação pode contribuir na diminuição da celulite? A resposta é SIM e pode ser mais fácil do que você imagina! Assista ao vídeo completo e saiba como.
Leia mais
Como reduzir a celulite

Dicas para melhorar a sua Autoestima

Autoestima é uma auto avaliação positiva ou negativa, envolvendo o sentimento acerca de si próprio (como eu me sinto) e o autojulgamento a partir do que a sociedade impõe (como ''devo'' me sentir).
Leia mais
Dicas para melhorar a sua Autoestima
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This