Será que eu sou “normal”?
12 de Maio de 2017
Dia Mundial da Voz
16 de Maio de 2017

O que é o Transtorno de Ansiedade Social do tipo Desempenho?

O Transtorno de Ansiedade Social, usualmente conhecido como Fobia Social, é caracterizado por um medo acentuado, desproporcional e persistente de uma ou mais situações sociais, nas quais o indivíduo sente que está sendo observado e analisado por pessoas dentro ou fora de seu ambiente familiar, ou é exposto à possibilidade de julgamento pelos outros.

Estas situações incluem comer, beber ou escrever diante dos outros, lidar com figuras de autoridade, falar ao telefone, interagir com pessoas estranhas ou do sexo oposto, ser o centro das atenções e falar em público. Neste segmento, encontra-se um subtipo específico da Fobia Social: o Transtorno de Ansiedade Social do tipo Desempenho.

Segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, da American Psychiatric Association (APA, 2014), os indivíduos com transtorno de ansiedade social do tipo desempenho têm preocupações que são geralmente mais prejudiciais em sua vida profissional (p. ex., músicos, dançarinos, artistas e atletas) ou em papéis que requerem falar em público. O medo do desempenho pode se manifestar em contextos de trabalho, escolar ou acadêmico, nos quais são necessárias apresentações públicas regulares.

A grande diferença é que àqueles indivíduos com transtorno de ansiedade social do tipo desempenho não temem ou evitam situações sociais que não envolvam o desempenho; eles são capazes de interagir com desenvoltura e de forma confortável em ambientes nos quais não tem que performar. Um músico pode ter um grau de relações sociais bastante alto, gostar de interagir com familiares, amigos e desconhecidos; porém, quando precisa se apresentar para uma plateia, exibe grandes dificuldades e pode sentir-se ansioso a ponto de não conseguir cumprir com sua apresentação.

Isto pode gerar sentimentos de frustração, tristeza e perda de oportunidades, limitando o repertório social dos sujeitos. Os portadores deste transtorno podem sentir-se inseguros e temerem a avaliação negativa de terceiros. Geralmente apresentam um grau de auto exigência altíssimo e costumam se cobrar em excesso. Podem ter pensamentos distorcidos como “as pessoas não estão gostando do que fazendo ou falando”, “não sei fazer isto”, “sou inútil”.

A forma mais comum de ansiedade de desempenho é o medo de falar em público, por ser considerado um poderoso estressor psicossocial, despertando grande ansiedade e afetos negativos, além de respostas fisiológicas, como tremores, sudorese, palpitação, dores no peito, garganta seca, respiração cansada e sensação de desmaio.  Este tipo de situação é bastante presente na vida dos indivíduos, uma vez que essa habilidade de muito exigida em ambientes profissionais e acadêmicos.

É importante lembrar que ajuda profissional é essencial para que se tenham resultados satisfatórios e para que o paciente fortalece sua auto estima e sua segurança interna. A psicoterapia auxilia os pacientes na modificação de seus pensamentos e crenças disfuncionais, utiliza técnicas de relaxamento, trabalha com a exposição gradual a situações de desempenho e treina as habilidades sociais para que eles consigam desempenhar suas atividades de maneira eficaz e funcional.

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule

Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Os comentários estão encerrados.

Marcar Consulta