fbpx
banner-paisagem-teste-ansiedade-v2.1Reduzido-1280x145Powered by Rock Convert

A quarentena e o distanciamento social mudou a rotina da maior parte das pessoas, inclusive dos idosos. Nessa nova fase precisamos nos acostumar com uma nova rotina  e como um novo estilo de vida com mais restrições e calmaria, exigindo de nós muita paciência e adaptação.

Em tempos de Distanciamento Social onde os idosos fazem parte do grupo de risco, a orientação é que esses idosos fiquem reclusos e que o contato com eles seja evitado, de uma forma cuidadosa, para evitar que eles sejam contaminados. Porém, precisamos nos atentar que o isolamento não é apenas o único cuidado. É importante cuidar do bem estar e da saúde mental desses idosos, e por isso separei algumas dicas importantes para este momento, e que podem ser realizadas inclusive no dia a dia, quando toda essa fase ruim passar.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert
  1. Atividade Física: O corpo precisa de movimentar! Isso ajuda na prevenção de quadros depressivos e de ansiedade. Estimule ¨caminhadas¨ em casa, por exemplo no corredor, entrar em um quarto, ir até a janela, voltar, entrar em outro quarto. Isso irá estimular os músculos do corpo e a noção espacial. Mas, se houver algum comprometimento no andar, é importante a realização de exercícios sentados ou deitados, como os alongamentos.
  2. Exercícios Respiratórios: Controle da respiração, inspirar contando até 3, segurar o ar, expirar contando até 6. Sentir o ar entrando e saindo do corpo.
  3. Estimular a Mente: Jogos de tabuleiro, palavras cruzadas, leituras, jardinagens, pinturas.
  4. E a dica mais importante: Mantenha Contato. Abuse da tecnologia!!
Saúde-Mental-dos-idosos-na-quarentena
Tecnologia aliada no cuidado da saúde mental dos idosos

Alguns idosos, por morarem sozinhos, naturalmente já se sentem mais solitários. E nesse momento onde as visitas e encontros familiares foram suspensos, é importante que a família não perca contato.

  • Faça uma ligação. Pergunte como ele está, se dormiu bem, se comeu, se teve febre, se teve tosse. Esteja disponível para conversar e para ouví-lo.
  • Peça orientações, receitas de família. Mostre pra ele o quanto os ensinamentos dele são importantes pra você.
  • Converse sobre o que ele tem feito, o que tem assistido na TV, sobre o que tem lido e o que tem feito no dia a dia. Incentive-o nos exercícios físicos.
  • Faça chamadas de vídeo. Fale sobre você, sobre a saudade de abraçá-lo, de estar perto, mas que logo logo tudo isso vai passar.

E lembre-se, o Isolamento deve ser SOCIAL, mas não precisa ser EMOCIONAL.

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert
Share This