Mutismo Seletivo - casule

Mutismo Seletivo

Atualizado em 11/12/2017
Por Redatora Casule

Mutismo Seletivo

Atualizado em 11/12/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Mutismo Seletivo

O mutismo seletivo é um transtorno psicológico que acomete crianças e é caracterizado pela recusa dessas crianças em falar em determinadas situações. Geralmente conseguem se expressar e se comunicar bem em alguns contextos, como em casa com os pais e irmãos, por exemplo, porém em algumas situações sociais maiores, ou na presença de adultos, ou desconhecidos se inibem completamente.

Crianças que sofrem de mutismo seletivo possuem total compreensão da linguagem e são plenamente capazes de falar com normalidade em locais onde se sentem seguras e confortáveis. O comportamento é realmente alterado em função da localidade em que estão, e não de dificuldades ou falhas de comunicação, por exemplo. Costumam apresentar dificuldade em olhar nos olhos, de se expressarem em público e muitas vezes não conseguem nem pedir para ir ao banheiro quando estão na escola.

Timidez excessiva, medo de constrangimento, apego, negativismo, isolamento e retraimento sociais, traços compulsivos também são características associadas ao mutismo seletivo.  Apesar de crianças com esse transtorno geralmente possuírem habilidades de linguagem normais, é possível que haja um transtorno da comunicação associado, embora nenhuma associação específica já tenha sido identificada e que isso não descarte, também, a presença da ansiedade.

terapia-online-casule-banner

O mutismo seletivo pode ser influenciado em função de diferentes fatores como genética; traços a própria personalidade da criança como timidez, vergonha ou preocupações excessivas; interações familiares e comportamento dos pais nos relacionamentos com os filhos; experiência negativa ou algum trauma como uma mudança brusca no estilo de vida ou um episódio de violência, por exemplo. Os sintomas costumam aparecer antes dos 5 anos de idade e em casos graves se não tratados podem desenvolver para um quadro de fobia social a partir da adolescência. Em certos casos, o mutismo seletivo pode servir como estratégia compensatória para reduzir o aumento da ansiedade em encontros sociais.

De acordo com o DSM-5, “a perturbação é com frequência marcada por intensa ansiedade social. As crianças com mutismo seletivo comumente se recusam a falar na escola, o que leva a prejuízos acadêmicos ou educacionais, uma vez que os professores têm dificuldade para avaliar habilidades como a leitura. O fracasso na fala pode interferir na comunicação social, embora as crianças com esse transtorno ocasionalmente usem meios não verbais (p. ex., grunhindo, apontando, escrevendo) para se comunicar e podem desejar ou ansiar pela participação em encontros em que a fala não é exigida (p. ex., papéis não verbais em peças teatrais na escola)”.

Os critérios de diagnóstico do mutismo seletivo de acordo com o DSM – 5 são:

  1. A. Fracasso persistente para falar em situações sociais específicas nas quais existe a expectativa para tal (p. ex., na escola), apesar de falar em outras situações;
    B. perturbação interfere na realização educacional ou profissional ou na comunicação social;
    C. A duração mínima da perturbação é um mês (não limitada ao primeiro mês de escola);
    D. O fracasso para falar não se deve a um desconhecimento ou desconforto com o idioma exigido pela situação social;
    E. A perturbação não é mais bem explicada por um transtorno da comunicação (por exemplo, transtorno da fluência com início na infância) nem ocorre exclusivamente durante o curso de transtorno do espectro autista, esquizofrenia ou outro transtorno psicótico.

Para o tratamento, deve ser conciliado o acompanhamento psicológico que auxiliará a criança a manifestar a fala, desenvolver importantes habilidades sociais e gradualmente iniciar o processo de exposição e também a participação dos pais, da família e da escola do paciente.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Mutismo Seletivo

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Mutismo Seletivo, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Mutismo Seletivo.

0 comentários

Dicas para melhorar a concentração

A técnica de autoinstrução é utilizada na psicoterapia para ampliar a atenção em certos eventos, diminuir a impulsividade e aumentar o controle verbal para pessoas que possuem TDAH ou outras demandas.
Leia mais

Como desenvolver o autoconhecimento

O autoconhecimento é muito importante em todos os aspectos da nossa vida. Por isso, nesse vídeo eu trouxe alguns pontos que podem te ajudar a desenvolver o autoconhecimento.
Leia mais
Como desenvolver o autoconhecimento

Sinais de um relacionamento abusivo

Quando conhecemos alguém no início tudo são flores e amores, porém, com a convivência vem as brigas, os desentendimentos, as discordâncias... Mais até aí tudo bem, afinal, todo relacionamento tem dessas coisas, não é mesmo?
Leia mais
Aprenda a identificar um relacionamento abusivo

4 dicas para criar mais intimidade no seu Relacionamento

A intimidade nos relacionamentos é o resultado de uma série de interações entre duas pessoas onde são reveladas informações pessoais sobre aspectos centrais de suas vidas, ao mesmo tempo que ocorre uma atitude de validação e acolhimento por parte de quem recebe essas informações.
Leia mais
intimidade no relacionamento

Família tóxica: será que você vive em uma?

Viver com familiares tóxicos trazem diversos problemas a nossa saúde, muitas vezes são pessoas negativas que agem "sem perceber" e que acabam com nossa saúde mental. Neste vídeo, trouxe estratégias para te ajudar a conviver com uma família toxica.
Leia mais
Familia tóxica BLOG
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This