Ja ouviu falar sobre a ACT-casule

Já ouviu falar sobre a ACT?

Atualizado em 21/11/2017
Por Redatora Casule

Já ouviu falar sobre a ACT?

Atualizado em 21/11/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Já ouviu falar sobre a ACT?

De acordo com a Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) a tentativa do controle das sensações, dos pensamentos e sentimentos promove os transtornos mentais, portanto, a maioria dos pacientes poderão beneficiar-se com a terapia. Estudos científicos apresentam resultados eficazes da ACT para depressão, ansiedade, tricotilomania, agorafobia, dependência de álcool e no enfrentamento do estigma internalizado  entre dependentes de substâncias. A ACT baseia-se em uma nova forma de nos relacionarmos com o sofrimento. Em vez de controlar os pensamentos, as sensações e os sentimentos negativas ou evitá-los, a ACT nos propõe observá-los e aceitá-los apenas como sentimentos e pensamentos. O objetivo da terapia é alcançar o conceito de flexibilidade psicológica, através da aceitação dos sentimentos, pensamentos e sensações desagradáveis  a fim de manter ou modificar ações importantes em contato com o momento presente. A terapia proporciona o esclarecimentos dos valores do paciente e o planejamento de suas ações em direção a esses valores.

A terapia baseia-se em seis processos psicológicos de mudança, os pontos do hexágono de flexibilidade psicológica: Aceitação, Desfusão, Self como contexto, Momento presente, Valores e Ações com Compromisso. Também são utilizados como apoio à terapia, os exercícios que promovam a experiência com os pensamentos de forma isenta de julgamento e as metáforas que facilitam a compreensão dos processos do hexágono.

Já ouviu falar sobre a ACT-casule2

 

A Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), psicoterapia comportamental baseada no contextualismo funcional foi elaborada em 1987, por Steven Hayes e colaboradores. Surgiu em meio a terceira geração das terapias comportamentais e cognitivas, da qual destacam-se outras abordagens como, a terapia comportamental dialética, a psicoterapia analítico-funcional e a terapia cognitiva baseada em mindfulness. A ACT analisa a linguagem humana e a função dos sentimentos e pensamentos, proporcionando dessa forma, a aproximação do paciente com suas experiências internas.

A Terapia de Aceitação e Compromisso é uma abordagem fundamentada e embasada em conhecimentos científicos. No Brasil, já existem psicólogos e pesquisadores que estudam e atuam na área. Algumas capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte possuem centros de estudos que oferecem cursos de formação para psicólogos.  Além de existirem artigos publicados em revistas científicas e livros disponíveis para estudo e aprofundamento na temática.

terapia-online-casule-banner

 

Fontes:

Monteiro, E. P., Ferreira, G. C. L., Silveira, P. S. & Ronzani, T. M. (2015). Terapia de aceitação e compromisso (ACT) e estigma: revisão narrativa. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, 11(1), 25-31.

Ruiz, F. J. (2010). A review of Acceptance and Commitment Therapy (ACT) Empirical evidence: Correlational, experimental psychopathological therapy. International Journal of Psychological Therapy, 10(1), 125-162.

Saban, M. T. (2011). Introdução à Terapia de Aceitação e Compromisso. 1 ed. Santo André, SP: ESETec Editores Associados.

Silveira, P. S., Monteiro, E. P., Nery, F. C., Ferreira, G. C. L., Noto, A. R. & Ronzani, T. M. (2014). Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT): Estratégias de Redução do estigma Associado à Dependência de Substâncias. In: T. M. Ronzani, Intervenções e inovações em álcool e outras drogas (pp.135-154). Juiz de Fora, MG: Editora UFJF.

 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Já ouviu falar sobre a ACT?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Já ouviu falar sobre a ACT?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Já ouviu falar sobre a ACT?.

0 comentários

Meu medo me faz fugir
Meu medo me faz fugir

Meu medo me faz fugir

Evitar se expor a situações que causam medo e ansiedade é algo extremamente normal. Porém, quando a "evitação" e a fuga se tornam um repertório comum para várias situações... é importante ligar o sinal de alerta.

3 vilões da autoestima

A autoestima é a avaliação (positiva ou negativa) que o indivíduo faz sobre si. Existem 3 vilões da autoestima você conhece eles?
Leia mais
3 vilões da autoestima
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This