Como lidar com as emoções intensas?

Atualizado em 29/01/2020
Por Redatora Casule

Como lidar com as emoções intensas?

Atualizado em 29/01/2020
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como lidar com as emoções intensas?

Lidar com as emoções não é um processo fácil, muitas pessoas apresentam dificuldade para lidar com emoções intensas. Reconhecermos que elas são nossas aliadas, que fazem parte da essência humana e devem ser validadas é o primeiro passo para nos entendermos com nossos estados emocionais. 

A forma como nossas emoções são reconhecidas e acolhidas na infância influencia na maneira que lidamos com elas posteriormente. A capacidade de estabelecermos conexão com elas, de aceitá-las como estado próprio da situação e, a partir daí, pensarmos na melhor forma de respondermos a esse estado interno é a base da regulação emocional, e está altamente associada às nossas habilidades de afiliação social e autotranquilização. 

A autotraquilização é válida quando experimentamos um pico emocional, principalmente um gatilho de estresse ou ansiedade. Esse processo envolve a nossa capacidade de acolher a emoção e aos poucos reduzir sua intensidade, melhorando assim a experiência emocional. 

terapia-online-casule-banner

Entre algumas estratégias de autotranquilização, estão os exercícios de respiração, como a respiração diafragmática, que permite a ativação do sistema nervoso parassimpático, e assim a regularização do estado fisiológico. Há também o uso de estímulos tranquilizadores, a partir de nossos sentidos, como ouvir uma música ou tomar um chá, por exemplo. Assim, deve-se buscar uma atividade de interesse pessoal que possa ativar os canais sensoriais, potencializando o processo de tranquilização. Além das estratégias citadas, é de fundamental importância observar, sem julgamento, o estado emocional como uma onda, percebendo que ele é momentâneo e que sua intensidade reduz com o passar do tempo.

A relação que criamos com nossas emoções envolve ainda crenças sobre elas, que muitas vezes colocam as primeiras como ameaças e acabam por dificultar o enfrentamento e aceitação de uma emoção incômoda. Reavaliar essas percepções nos ajuda a entender a importância e funcionalidade de cada estado emocional, por mais desconfortável que seja, fazendo com que a resistência interna não potencialize sua intensidade e tempo de duração. 

Nossas emoções possuem funções importantes, uma vez que nos conectam socialmente e indicam necessidades importantes, por isso não devem ser ignoradas ou evitadas. O primeiro passo para melhorar nossas experiências emocionais é aceitar as emoções como condições importantes, aumentar nossa tolerância àquelas mais incômodas e assim criar formas mais funcionais para expressá-las. Muitas vezes a ajuda de um profissional da área pode auxiliar no processo, contribuindo com a construção de uma nova relação com as emoções. 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Como lidar com as emoções intensas?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Como lidar com as emoções intensas?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Como lidar com as emoções intensas?.

0 comentários

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This