brincadeira de criança

As funções do Brincar

Atualizado em 07/06/2017
Por Cristiane Schumann

As funções do Brincar

Atualizado em 07/06/2017
Por Cristiane Schumann
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

As funções do Brincar

Diferente do que muita gente pensa, o brincar é uma atividade muito além da diversão ou do entretenimento. Através do brincar, a criança aprende muitos aspectos cruciais para o seu desenvolvimento.

Em uma brincadeira de “pular amarelinha” por exemplo, a criança desenvolve habilidades como seguir regras, lidar com a frustração, esperar a sua vez, desenvoltura corporal e psicomotora, etc. Além destas, habilidades como compartilhar, cooperar, desenvolver inteligência emocional, aprender a ganhar e a perder, aquisição e aprimoramento de linguagem, liderança, organização, otimismo, negociação, respeito às diferenças, resiliência, atenção, auto controle, criatividade, imaginação, limites, etc., podem ser desenvolvidas e estimuladas com brincadeiras diversas. Através das brincadeiras, a criança experimenta o mundo, cria suas próprias crenças a respeito de si, do outro e do funcionamento da sociedade… brincando, ela elabora suas emoções.

terapia-online-casule-banner

Com a era digital e suas “facilidades”, somado ao fato de termos cada vez menos tempo, espaços menores e perigos nas ruas, muitas vezes acabamos nos beneficiando com o “cala a boca” que a era digital permite às crianças. O brincar atual, que deveria ser uma forma de “falar” com o mundo acabou se tornando um “calar”. Além disso, ao exigirmos organização exagerada, limpeza exacerbada, extrema contenção de emoções (especialmente as negativas), acabamos por tolir a criança dessa expressividade enquanto brinca.

Ao brincar, a intenção da criança não é necessariamente aprender, é se divertir, experenciar; para ela, o brincar é algo natural, genuíno, prazeroso e para nós enquanto pais e educadores, o brincar seria uma ferramenta extremamente útil, leve, livre e divertida para ensinarmos às crianças muitas coisas a respeito dos pensamentos, dos sentimentos e dos comportamentos delas próprias e das outras pessoas.

Atualmente as crianças tem brincado menos e muitas vezes brincam com recursos áudio visuais que estimulam sim a aquisição de algumas habilidades, mas que fazem isso de uma forma muito passiva, muito “dada”, muito virtual. Seria extremamente importante estimular brincadeiras “antigas” que favorecem uma interação mais ativa, mais pessoal e única da criança com o seu mundo.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo
Casule Play

As funções do Brincar

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre As funções do Brincar, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Cristiane Schumann, aqui no Blog.
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: As funções do Brincar.

0 comentários

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

Tem dias que você acorda e não se sente satisfeito com o que é? Não consegue sentir orgulho do que faz e das suas conquistas? Tem dificuldade de enxergar seus pontos fortes e suas qualidades? Pois é, você pode estar com baixa autoestima e isso é muito comum de acontecer. Buscar meios para melhorar a autoestima é um grande passo. Seja através da leitura de um livro sobre o assunto, pesquisas, assistindo vídeos ou mesmo através da ajuda profissional.
5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

6 dicas para lidar com a traição

A descoberta de uma traição é capaz de transformar qualquer relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento. A vida do casal pode mudar para melhor ou piorar consideravelmente, mas, com certeza, nunca mais será a mesma.
Leia mais

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This