fbpx
relaxamento e sono

Aprenda a relaxar e melhore seu sono

Atualizado em 09/10/2019
Por Nayara Benevenuto

Aprenda a relaxar e melhore seu sono

Atualizado em 09/10/2019
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Aprenda a relaxar e melhore seu sono

Powered by Rock Convert

Criada por Edmund Jacobson em 1920, o relaxamento progressivo é uma das técnicas mais eficazes para reduzir a ansiedade e o estresse. Além de trazer esse grande benefício para a saúde mental, o relaxamento progressivo também pode levar a um sono profundo e restaurador e diminui a pressão arterial. 

A técnica consiste em liberar sistematicamente a tensão em grupos musculares por todo o corpo. À medida que a tensão muscular diminui, a sensação de ansiedade geralmente é reduzida. Geralmente eu ensino a técnica aos pacientes no consultório em um primeiro momento e, posteriormente, peço para que o paciente realize o exercício em casa sozinho ou com auxílio de uma pessoa próxima. Outra recomendação seria realizar a técnica antes de dormir para ajudar a promover uma boa noite de sono.

Instruções para Execução:

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert
  1. Posicione-se da maneira mais confortável possível. Deite-se, deixe o corpo relaxado, deixando para trás toda e qualquer tensão. Respire fundo, retenha o ar por poucos segundos e expire suavemente, sentindo a calma começando a se expandir. Continue respirando suavemente, concentrando-se no peso do seu corpo, deitado de forma bem relaxada.
  2. Contraia os braços (punhos, antebraços e braços), como se você estivesse segurando algo muito pesado. Sinta a tensão em todos os músculos dos braços. Agora solte-os! Solte bem os dois braços. Repare as diferenças entre o momento anterior, de contração, para agora, com os braços soltos e relaxados. Repita isso 3 vezes, variando o grau de tensão em cada vez. Depois, deixe os braços bem soltos, procurando sentir o peso de cada braço e aumentando cada vez mais a sensação de relaxamento.
  3. Agora faça o mesmo com as pernas. Contraia as coxas, sentindo-as ficarem duras na parte superior. Contraia as batatas das pernas, trazendo as pontas dos pés para trás, na direção das coxas. Sinta toda a tensão de suas pernas. Localize onde sente a tensão e perceba como suas pernas ficam quando estão tensas e duras. Agora relaxe! Solte todos os músculos das pernas. Compare a diferença entre este momento e o anterior. Veja como é agradável ter as pernas soltas e relaxadas. Abra os pés o máximo possível para fora e sinta os músculos internos das coxas. Solte-os e sinta as pernas totalmente soltas, pesadas, com os pés caídos para os lados. Repita contrações e relaxamentos com tensões variáveis até finalmente soltar tudo e deixar as pernas bem pesadas. Procure aumentar a sensação de peso soltando cada vez mais.
     
  4. Levante os ombros, como se tentasse encostá-los nas orelhas. Sinta a tensão que se produz e onde ela se localiza. Solte-os. Compare a diferença. Movimente-os para trás, abrindo o peito. Sinta a tensão e perceba onde ela se localiza. Faça o mesmo para a frente. Solte os ombros completamente e deixe-os ficarem bem pesados e confortáveis. Movimente sua cabeça para o lado direito e sinta a tensão que se produz e onde se localiza. Faça o mesmo para o lado esquerdo. Depois faça para trás. Depois levante-a um pouco e sinta a tensão e onde ela se produz. Solte a cabeça e o pescoço, deixando-a cair pesadamente sobre o travesseiro.
  5. Contraia o abdômen deixando-o bem duro. Sinta como fica e solte-o. Perceba a diferença entre os dois momentos. Agora, contraia-o para fora, estufando a barriga. Sinta como ele fica e relaxe, percebendo a diferença entre os dois momentos. Encolha a barriga para o fundo, como se tentasse encostá-la nas costas. Sinta a tensão, como ela é e onde se localiza. Solte e relaxe totalmente a barriga. Deixe-a movimentar-se apenas pela respiração suave e superficial. Solte os músculos do tórax, deixando os ombros caírem pesados. Concentre-se na sua respiração e deixe-a ficar bem suave, calma e tranquila.
     
  6. Contraia sua testa como se você quisesse olhar para cima da sua cabeça sem movimentá-la. Solte a sua testa e couro cabeludo e perceba a diferença entre os dois momentos. Franza o cenho, encostando uma sobrancelha na outra. Sinta onde localiza esta tensão. Solte e relaxe a sua testa, completamente. Deixe-a ficar solta e relaxada. Feche seus olhos e contraia suas pálpebras com força. Sinta a tensão que se produz e onde ela se localiza. Solte. Deixe-as apenas caírem sobre os olhos. Movimente agora os seus olhos, sem abri-los, para a direita e para a esquerda, para cima e para baixo. Sinta a tensão que se produz. Agora deixe-os soltos. Perceba a diferença entre tensão e relaxamento nos olhos e pálpebras e deixe ambos ficarem bem relaxados. Deixe suas pálpebras ficarem bem pesadas, pesadas, caindo pesadamente sobre os olhos e estes soltos, bem soltos. Contraia seus lábios, mandíbulas, língua e boca. Sinta a tensão que se produz na parte de baixo de sua face. Solte tudo. Deixe seu queixo cair e a boca ficar entreaberta. Sinta como sua face está cada vez mais relaxada: sua testa está solta, seus olhos e pálpebras estão pesados, seus lábios estão soltos, sua boca está entreaberta e pesada, pois seu queixo está caído. Continue a respirar suavemente. Repare como sua respiração está calma e tranquila, sua face está solta e relaxada, seu corpo está pesado… pesado…
     
  7. Quando tiver relaxado, respirando calmamente, comece a movimentar suavemente os dedos das mãos, dos pés, os braços e pernas, depois abra os olhos e comece a se espreguiçar bem devagar, dizendo mentalmente a fórmula: “Cinco, quatro…três…dois…um. Estou me sentindo bem, calmo e tranquilo”, até finalmente se levantar.

Após o término da técnica, é possível observar uma sensação profunda de relaxamento muscular, que auxilia na diminuição da ansiedade e ajudará a ter um sono restaurador. 

Referências:

Jacobson E (1974). Progressive relaxation: a physiological and clinical investigation of muscular states and their significance in psychology and medical practice.
Chicago: Univ. of Chicago Press.

Lipp, M (1997). Relaxamento para todos: controle o seu stress. Campinas: Papirus.

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Aprenda a relaxar e melhore seu sono

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Aprenda a relaxar e melhore seu sono, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
Psicóloga, terapeuta cognitivo-comportamental, terapeuta do esquema, especialista em terapia cognitivo-comportamental com crianças e adolescentes. Atende adultos, adolescentes e faz avaliação bariátrica. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Aprenda a relaxar e melhore seu sono.


0 comentários

3 dicas para comer menos doce BLOG
3 dicas para comer menos doce

3 dicas para comer menos doce

Você adora um docinho? Coloca açúcar em suas bebidas, enche a despensa de chocolates e biscoitos e não sabe como diminuir o consumo desses alimentos? Assista a este vídeo e veja 3 dicas para comer seu docinho em menor quantidade e com a mesma satisfação.
Síndrome-de-Burnout-blog-casule
Síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout

A síndrome de Burnout é também conhecida como Síndrome de Esgotamento Profissional, e é caracterizada por um desgaste que causa à pessoa, prejuízos nos aspectos emocionais e físicos que ocasionam um esgotamento.

Os Benefícios da Meditação

No dicionário a palavra meditação é definida por: ato ou efeito de meditar, de pensar com grande concentração de espírito. Os exercícios de meditação consistem em técnicas que...

Leia mais
Os Benefícios da Meditação

Será que eu preciso de Terapia?

Você conhece o trabalho psicoterapêutico? Você sabe pra quê, ou por quê, as pessoas fazem Terapia? Qual o momento ideal para procurar um Psicólogo? Nesse vídeo, além de...

Leia mais
Será que eu preciso de Terapia?

Aspectos psicológicos da enxaqueca

Muito provavelmente, você que está lendo este texto já teve algum episódio de cefaleia ou sofre de enxaqueca. A cefaleia significa dor de cabeça, o que é diferente de...

Leia mais
Aspectos psicológicos da enxaqueca

Dicas para lidar com a impulsividade

A impulsividade é um  comportamento realizado diante de um desequilíbrio entre o pensar e agir. Pessoas com essas características agem no imediatismo, sem considerar as...

Leia mais
Dicas para lidar com a impulsividade

Síndrome do Impostor

Você já teve a sensação de que o sucesso que você atingiu é exagerado, como se não merecesse tudo aquilo? Se já passou por isso, saiba que não está sozinho! Esse sentimento é...

Leia mais
Síndrome-do-Impostor-blog-casule
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This