O que é Terapia Familiar?

Envolver a família em terapia é mais que uma questão técnica, trata-se de uma forma de compreender que os problemas surgem e se resolvem sob a influência das relações interpessoais e ambientais, principalmente no âmbito da família.

A abordagem cognitivo-comportamental às família inclui a premissa de que os membros de uma família simultaneamente influenciam e são influenciados uns pelo outros. Assim sendo, o comportamento de um membro desencadeia comportamentos, cognições e emoções em outros membros, que, por sua vez, provoca reações cognitivas, comportamentais e emocionais no membro original.

 

Quando procurar?

Sem qualquer intenção de esgotar as possibilidades de intervenção junto à família, geralmente a busca por ajuda ocorre das formas a seguir.

Grupo familiar disfuncional: quando os modos de interação entre seus membros vão-se cristalizando, quer na forma de distanciamento, ou de excessiva interferência na vida uns dos outros, formando alianças entre alguns membros, deixando outros periféricos, ou transformando outros em bodes expiatórios (geralmente a criança);

Problemas de comunicação: a família perde-se em críticas, acusações, silêncios, dificuldade em colocar-se no lugar do outro e rigidez em tentar novas formas de resolver problemas;

Problemas de estrutura: os papéis familiares mal definidos, com filhos desempenhando papéis paternos e pais formando alianças com filhos, excluindo o outro membro do casal;

Problemas de dinâmica: dificuldade em assumir a função de pais, com suas responsabilidades e limites, bem como dificuldade em estabelecer objetivos familiares e organizar-se para atingi-los.

 

Como funciona?

O tratamento em geral é de tempo limitado e focado nos sintomas. As intervenções buscam dar sentido e descobrir áreas de competência familiar, dando condições de transformar as experiência vividas na família e em seu contexto mais amplo.

Nesta modalidade, os familiares são incluidos como co-terapeutas, em um processo que seguirá em continuidade mesmo após o encerramento das sessões.

 

O que é trabalhado?

Trabalha-se com a família real, presente, na busca de desvendar aspectos relacionais que estão emperrando uma comunicação efetiva e o desenvolvimento saudável de seus membros. Os sintomas são vistos como tendo tanto uma função individual como social no grupo familiar e constituem-se numa denúncia de que algo vai mal nesse grupo. À medida em que a terapia avança, outros aspectos inerentes à vida familiar se afloram, aspectos causadores de sintomas e que tinham sido negligenciados.

 

Qual o papel do psicólogo terapeuta?

Buscar aspectos causadores de sintomas, focalizando outras relações dentro da família, tendo em vista mudanças que favoreçam esse grupo como um todo e cada membro em particular. Quando a família passa a experimentar novos modos de se relacionar, os sintomas tendem a desaparecer. Este trabalho não exclui a possibilidade de encaminhamento de um membro particular para um trabalho individualizado, quando se constata que é necessário um aprofundamento, bem como uma mudança ao nível do indivíduo.

 

Onde fazer?

A busca pelo tratamento deve ter como preocupação principal a competência do profissional, ou equipe profissional, competente para tal atendimento. O profissional deverá ter conhecimentos e experiências para abordagem familiar. A clínica Casule possui uma equipe capacitada para o atendimento nas mais diversas áreas.

Conheça nossos especialistas neste assunto aqui

 
 

Depoimentos

O que nossos clientes estão dizendo sobre isto...

  • Lugar para ser bem acolhido, receber um atendimento cuidadoso, carinhoso. As profissionais são excelentes, em especial a Nayara que além de competente é super carinhosa, atenciosa, cuidadosa. Uma linda e querida! Recomendo fortemente!
  • Mariana Toledo
    Clínica com ótimos profissionais 😀 Adorei minha dieta elaborada pela nutricionista Tatiane Ribeiro .
  • Maria Das Graças Oliveira
    Um excelente local para se encontrar serenidade e auto-controle. Adoro as sessões de psicoterapia com a Nayara. Profissional séria, responsável, que chega ao nosso coração na primeira consulta.O acolhimento que todos nós precisamos.O atendimento é diferenciado e o carinho e atenção da minha linda e gentil psicóloga é tudo de que eu preciso. 5 estrelas
  • Maria José Sinhoroto
    Excelentes profissionais! Indico a psicóloga Nayara, de grande competência!! 5 estrelas
  • Fernanda Sinhoroto
    Excelentes profissionais! Recomendo a psicóloga Nayara, a qual eu tenho grande confiança! 5 estrelas
  • Vágner Benatti Fernandes
    Encantado por ter encontrado Cristiane Schumann e sua equipe. Com inteligência, afeto e paciência, nos ajuda, a mim e a minha família, a nos conhecer e a sermos o melhor que pudermos e conseguirmos. Lugar de metamorfoses... Gratidão. 5 estrelas
  • Wanderson Leite Lacerda
    Não basta o conhecimento da Psicologia para se fazer psicologia. Ela precisa ser feita com alma, que se traduz no sentido que se dá ao paciente em aprender a amar a si mesmo, com repercussão no amor aos outros. Quando se reconstrói cognições distorcidas ou dilaceradas, é a Psicologia agindo com alma, ofertando o sentido de viver. Isso você encontra na Casule Saúde e Bem-estar.Competência e segurança, além de muito amor ao próximo, você comprovará na dedicação da Cristiane Schumann. Não tenha medo em conferir. 5 estrelas
  • Erika Scoralick Rooke
    Indico muito a profissional Nayara. Excelente pessoa e terapeuta. 5 estrelas
  • João Francisco
    Ótimo clínica! Equipe muito profissional. Ingrid secretária um amor de pessoa. Nayara psicóloga maravilhosa, muito competente! Recomendo! 5 estrelas
  • Sergio Antonio da Silva
    São excelentes profissionais, fiquei impressionado com o atendimento que minha filha teve. Eu recomendo 5 estrelas
  • Kamila Toledo
    Lugar organizado, acolhedor e de fácil acesso. Profissionais qualificados, atenciosos, pontuais e que garantem um trabalho ímpar. 5 estrelas
  • Maria Fernanda
    Lugar para ser bem acolhido, receber um atendimento cuidadoso, carinhoso. As profissionais são excelentes, em especial a Nayara que além de competente é super carinhosa, atenciosa, cuidadosa. Uma linda e querida! Recomendo fortemente! 5 estrelas
  • Giovana Scoralick Rooke
    Ótimo ambiente e excelentes profissionais! Super indício, e em especial recomendo a profissional Nayara! Vcs irão amar, muito atenciosa e competente ! 5 estrelas
  • Maria Aparecida Henriques
    Atendimento impecável, seriedade e competência. Agradeço pelo trabalho realizado comigo.Aplaudo e parabenizo a equipe pela dedicação dada aos clientes. 5 estrelas
  • Flávia De Sales Guilarducci
    Ahh eu tenho um carinho especial pela clínica. Trabalho incrível, local organizado e acolhedor! Profissionais dedicados e especializados resultam em ótimo atendimento! Fui paciente por um ano e minha melhora é imensurável. Agradeço em especial a linda e excepcional Nayara, que com muita dedicação e atenção me fez uma mulher capaz de lidar melhor com os sentimentos, emoções e dificuldades! Super recomendo o trabalho dessa equipe! 5 estrelas
  • Giovanni Bergamaschine
    É um atendimento impecável, carinhoso, exclusivo, onde as psicólogas são todas de uma atenção inigualável. Super Recomendo!   5 estrelas
  • Sandra Helena
    Excelente trabalho profissionais competentes e dedicadas!!! 5 estrelas
 

Marque sua sessão agora!

 
Escolha a melhor opção e faça o pré-agendamento da sua sessão.
Nossa equipe vai confirmar o horário e vai te contactar.

Perguntas Frequentes

Por que tratar problemas em família?
As famílias são sistemas vivos nos quais uma ação particular é vista como parte de um contexto e não produto deste. Não basta apenas cortar/retirar da relação a ação, é necessário avaliar os impactos e relevância dessa ação em todo o sistema.
Se o problema está em um só membro da família, por que envolver família?
Comportamentos desviantes, irracionais ou sintomáticos passam a servir a uma função no grupo no sentido de que os comportamentos que ocorrem no sistema familiar têm uma complementariedade geral. Desta forma, para desaparecer o sintoma não basta o membro sintomático mudar — sua mudança só se efetivará se toda uma série de outras mudanças (nem sempre desejadas) ocorrerem dentro do sistema familiar. Essas mudanças podem não ser desejadas porque implicam mudanças nos vários subsistemas da família — casal, pais, grupo fraterno, avós — e o sistema familiar apresenta uma tendência a um equilíbrio homeostático, onde tudo é feito para que as coisas permaneçam como estão. Exemplificando (e simplificando): muitas vezes o sintoma da criança (medo, p. ex.) pode desaparecer, se o casal mudar a forma de se relacionar entre si (buscando uma aproximação, p. ex.). Como nem sempre o casal está disposto a isso, o sintoma do filho cumpre a função de ao mesmo tempo manter os pais unidos na preocupação com ele, e afastados de uma relação mais próxima entre si. Certamente esse processo não ocorre de forma voluntária, por parte dos pais e do filho, mas acaba se cristalizando numa forma de relacionamento que resiste à tentativa de mudanças.

Notícias relacionadas

Estas notícias estão relacionadas com o conteúdo desta página. Leia mais e deixe o seu comentário ;)

Agende agora mesmo a sua primeira consulta

 
Marcar Consulta

Agende a sua Sessão aqui!
Primeira sessão R$ 100,00 (Psicologia, Fonoaudiologia e Nutrição)

PRÓXIMO PASSO →
fechar
Agendar Sessão