terapia-online-casule

Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas

Atualizado em 04/07/2017
Por Redatora Casule

Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas

Atualizado em 04/07/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas

A Cleptomania, também denominada furto compulsivo, está classificada nos Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos e da Conduta, de acordo com a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM 5) da American Psychiatric Association (APA, 2014).

Sua característica fundamental é a falha recorrente em resistir aos impulsos de furtar itens, ainda que eles não sejam necessários para uso pessoal. O sujeito sente uma necessidade incontrolável e patológica de subtrair o objeto de terceiros, mesmo que possua condições financeiras para obtê-lo licitamente, tanto que suas práticas bastante comuns são a devolução do que foi roubado ou a coleção desses objetos, demonstrando que a finalidade do furto não é necessariamente o lucro financeiro ou a utilização das peças.

O ato de roubar não é cometido para expressar raiva ou vingança, não é realizado em resposta a um delírio ou a uma alucinação e é executado sem colaboração de terceiros.

O cleptomaníaco experimenta uma sensação crescente de tensão antes do furto e sente prazer, gratificação ou alívio quando toma posse do objeto, junto a isso leva a um intenso sentimento de culpa, vergonha, ansiedade e remorso. Os indivíduos com cleptomania sofrem prejuízo significativo em ambientes sociais e ocupacionais.

É comum que os pacientes relatem pensamentos intrusivos e impulsos relacionados ao ato de furtar que interferem em sua capacidade de concentração em casa e no trabalho, podendo elevar os níveis de absenteísmo daqueles que possuem o transtorno, tanto pelo medo de ir ao trabalho e cometer o furto, tanto por faltar ao trabalho para praticar o ato.

Dessa forma, não é surpreendente que eles também relatem uma qualidade de vida ruim, por passarem a evitar ambientes sociais, acadêmicos e profissionais que possam dar margem ao ato e a possíveis hostilizações. É comum que essas pessoas apresentem outros distúrbios mentais, como Depressão, Transtorno Bipolar, Transtornos de Ansiedade e etc.

terapia-online-casule-banner

A grande questão é que o indivíduo executa atos que sua própria consciência desaprova no intuito de obter conforto emocional. Ainda que seja um transtorno raro, poucos procuram tratamento ou só o fazem quando são pegos roubando. Os tratamentos combinados utilizando a Terapia Cognitivo Comportamental e o uso de medicação tem sido os mais indicados para amenizar os sintomas da Cleptomania e fazer com o que o sujeito passe a ter uma vida mais saudável e funcional.

Embora as pessoas com esse transtorno geralmente não pratiquem o ato de roubar quando existe a probabilidade de flagrante, não costumam planejar com antecedência os furtos ou levar totalmente em conta as chances de serem pegas, o que resulta em consequências legais significativas pelo seu comportamento.

Estudos têm relatado que 64% a 87% dos pacientes de cleptomania têm um histórico de serem pegos furtando. Ainda que a maioria das apreensões não resulte em condenações com privação de liberdade, evidências iniciais sugerem que 15% a 23% dos pacientes de cleptomania sofreram este tipo de condenação por furtarem (McElroy et al., 1991; Grant & Kim, 2002).

É importante ressaltar que o roubo de dinheiro ou de outros objetos de valor que tenham uma intenção de ganho financeiro não é um sintoma da Cleptomania.

A família não deve acobertar a pessoa; caso o furto aconteça em uma loja, deve-se pagar pelo objeto, ou em casos em que o item é subtraído da casa de alguém ou do trabalho, ele deve ser devolvido.

O ideal é que a família não julgue em um primeiro momento, mas ofereça ajuda.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Cleptomania: Sintomas e implicações clínicas.


0 comentários

Relacionamento-à-distância-dá-certo-BLOG
Relacionamento a distância dá certo?

Relacionamento a distância dá certo?

Neste vídeo, nossa psicóloga Cristiane Schumann fala sobre as principais dificuldades enfrentadas por casais de se relacionam à distância. Dra. Cristiane explica, por exemplo o aumento das desconfianças, ciúmes e conflitos que o casal passa a ter. E dá dicas espetaculares para amenizar os afeitos da distância, da insegurança e da saudade.
Mitos e verdades sobre a psicoterapia
Mitos e verdades sobre a psicoterapia

Mitos e verdades sobre a psicoterapia

Apesar de a psicoterapia estar ganhando seu merecido espaço na atualidade, ainda existem pessoas que resistem a procurar ajuda de um profissional quando têm algum tipo de sofrimento psíquico, seja ele no âmbito pessoal, seja nos relacionamentos. Atualmente, estamos falando mais sobre a importância da saúde mental e de cuidar das emoções, mas é importante desmitificar alguns pontos que ainda persistem.

Orientação Profissional

Escolher uma profissão nem sempre é um caminho fácil. E em muitos momentos pode desencadear sofrimentos emocionais, ansiedade, angústias, medos... para isso existe a Orientação Profissional!
Leia mais
Orientaçã-profissional-BLOG

Como o viés da negatividade pode afetar sua vida

O viés é a tendência a prestar mais atenção em determinadas coisas do que em outras. Segundo a neurociência, os seres humanos desenvolveram ao longo da evolução da espécie uma tendência a se sentirem mais afetados por aspectos negativos do que por outros positivos. É como se fosse uma “programação” que auxiliou o homem primitivo a garantir a sua sobrevivência nos primórdios da nossa existência.
Leia mais
Como o viés da negatividade pode afetar sua vida

As 4 formas mais comuns de violência infantil

Embora a violência infantil seja um assunto difícil de ser abordado, seu debate é de extrema importância. Em primeiro lugar porque ela está presente no cotidiano de muitas crianças e adolescentes brasileiros, se mostrando como um grande problema de saúde pública, além disso, ela pode afetar profundamente a vida das vítimas.
Leia mais
4-formas-mais-comuns-de-violencia-infantil-BLOG

Adoecimento Psicológico causado pela Pandemia

Desde o início da pandemia, ouvimos falar muito sobre os efeitos do vírus no corpo e suas possíveis consequências físicas. Pouco se fala sobre o aumento de pessoas com adoecimento emocional, manifestados exatamente por esse período de isolamento, medo, angústias e dúvidas.
Leia mais
Adoecimento Psicológico causado pela Pandemia

Quando a ansiedade se torna um problema?

Você tem sofrido com ansiedade? Sabe quando ela se torna um problema? Nesse vídeo te explico o que é a ansiedade e te ajudo a identificar quando ela se torna prejudicial em nossas vidas.
Leia mais
Quando-a-ansiedade-se-torna-um-problema-BLOG

O que fazer diante de uma escolha difícil?

Alguma vez na vida já tivemos que lidar com um dilema ou uma decisão difícil. Quando estamos nessas situações, nossa mente facilmente entra em ação, tentando descobrir o que fazer, para "fazer a decisão correta".
Leia mais
O-que-fazer-diante-de-uma-escolha-dificil

Você sabe o que é fibromialgia?

A fibromialgia é uma síndrome que tem afetado muitas pessoas, principalmente mulheres entre os 30 e 50 anos. Ela é caracterizada pelo aumento da sensibilidade dolorosa em diversos pontos do corpo e acompanha também alguns outros sintomas como: distúrbio do sono, fadiga, ansiedade e depressão.⁣
Leia mais
Você sabe o que é fibromialgia
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This