5 maneiras de se sentir melhor consigo mesmo
10 de junho de 2015
5 estrelas
Diferenciando a raiva da agressividade
15 de junho de 2015

Benefícios da terapia de casal para que a relação volte a ser boa

Mentoria para Coaches

 

A terapia de casa é uma alternativa para quem deseja manter uma relação, mesmo em meio a problemas pelos quais ela esteja passando. Alguns casais podem demorar a procurar essa a ajuda, por não acharem que seja eficiente ou mesmo por não querer admitir que é necessário. Há também os fatores financeiros e mesmo quem nem saiba que ela exista. De qualquer forma, é uma maneira de voltar a ter um relacionamento saudável com o homem que você ama.

Entre os benefícios da terapia de casal para que a relação volte a ser boa está a possibilidade de enxergar de fora, ou seja, de uma perspectiva mais ampla o seu namoro ou casamento, o que pode ajudar a entender as raízes dos problemas pelos quais vocês estão passando. Quando a relação está desgastada, se arrastando com a barriga, ou seja, você está no meio do olho do furacão, nem sempre é possível enxergar de fora o que realmente está acontecendo.

Com certeza, não é apenas você quem está com essa dificuldade, mas sim, o seu marido ou namorado, assim, os benefícios da terapia de casal para que a relação volte a ser boa servem para ambas as partes. Além disso, o casal a partir dessa técnica poderá aprender maneiras de se reconciliar, a compreender melhor o outro e mesmo de expressar o que pensa e sente pelo cônjuge e em relação ao casamento ou namoro.

O mais comum é que casais unidos pelo matrimônio façam uso da terapia de casal, em geral, quando já estão há bastante tempo juntos e mesmo que se amem muito encontram dificuldade em resolver alguns impasses. No entanto, em qualquer momento da vida a dois se pode buscar essa técnica para que a relação volte a ser boa. Além disso, não precisa aguardar que o relacionamento esteja à beira do abismo. Mesmo como forma preventiva é muito eficiente.

Como funciona a terapia de casal para que a relação volte a ser boa

A terapia de casal tem como base proporcionar o diálogo entre o casal, já que muitas vezes é apenas isso que falta para que as divergências sejam resolvidas. O terapeuta, nesse sentido, serve para não deixar que o diálogo escambe para a briga, o que em casa poderia ser inevitável. Conforme a linha que o terapeuta segue, ele pode fazer perguntas no sentido de facilitar o entendimento de ambos a respeito do que está ocorrendo com a relação.

Ele também deve guiar a terapia de modo a harmonizar a relação do casal, nunca tomando partido de um dos dois, mas sim, agindo de forma sensata, rumo à harmonização. A terapia de casal consiste, portanto, em encontros periódicos, que podem ser semanais ou mais frequentes, conforme a necessidade do tratamento. Com o tempo, os encontros podem ficar mais espaçados.

A duração do tratamento da terapia de casal é de acordo com cada caso e de como está se desenrolando cada sessão. Porém, é possível dizer que em média as terapias duram de três a quatro meses. São muitos os motivos que levam os casais a iniciar o tratamento, porém, especialistas no assunto afirmam que a maioria dos casais procura o tratamento após episódios de traição.

No entanto, outras causas muito vistas nos consultórios são:

– situações relacionadas com os filhos

– casos em que é preciso saber como lidar com as alterações da natureza da relação

– quando o casal pensa em se divorciar

– questões ligadas à sexualidade

– falta de amor

Dicas para que a terapia de casal dê certo

O primeiro passo para o sucesso da terapia de casal para que a relação volte a ser boa é que ambos, você e o seu marido ou namorado, estejam de comum acordo em iniciar o tratamento. Se um dos dois não estiver a favor disso, dificilmente adiantará alguma coisa. Se você acredita que vale a pena investir na sua relação, talvez tenha que insistir para que o homem que você ama ceda a sua ideia de iniciar a terapia.

Em um primeiro momento, o homem pode apenas achar que a terapia é bobagem, ou mesmo, estar com receio de expor a sua vida a outra pessoa, no caso, o terapeuta. Pode ser ainda simplesmente uma barreira, no entanto, você deve insistir até um ponto, pois se ele realmente não for a fim, pode ser ainda mais complicado para a sua relação.

Se isso ocorrer, entretanto, avalie ainda se vale a pena insistir na sua relação, pois se o homem está fugindo de uma forma de vocês se acertarem pode ser que ele queira realmente terminar. A não ser que ele proponha a você outra forma de resolverem as divergências, como o diálogo em casa mesmo. No entanto, só será eficiente se ele não descambar para as discussões.

Uma pessoa neutra, como o terapeuta, serve pra isso mesmo, fazer o que muitas vezes o casal não consegue sem a influência neutra de um terceiro, pois a relação já está desgastada. Porém, ainda com chances de reiniciar em harmonia. Outra dica para que a terapia dê certo é não ficar atrasando à ida ao terapeuta, nem esperar que o relacionamento esteja à beira do abismo.

Por mais que uma terapia de casal seja eficaz, nem sempre ela alcançará o sucesso se a relação já está perdida há muito tempo. Por isso, quando o seu relacionamento der os primeiros sinais de desgaste tome você a iniciativa de revivê-lo. Mas se por outros motivos você também está desestimulada, talvez seja essa a hora de buscar ajuda especializada.

Vale lembrar que o diálogo constante, respeito e companheirismo podem evitar uma série de problemas. Atentar para o outro é sempre uma forma de evitar mágoas e tristezas, mas devido à correria do dia a dia, aos problemas financeiros, e mesmo à vinda dos filhos, os problemas podem chegar sem serem percebidos e quando você se der por conta já estão imensos.

FONTE: http://comoreconquistarumhomem.com.br/relacionamentos/beneficios-da-terapia-de-casal-para-que-relacao-volte-ser-boa/

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta